Inicial

Somos dois apaixonados pela vida e pelas pessoas que nela habita. Somos amantes da arte e da transformação que esta faz na vida de quem a vive. Este projeto surgiu como uma idéia de unir todas estas paixões em um único lugar, onde temos a oportunidade de compartilhar o nosso mundo, as nossas experiências e as experiências de muitas pessoas que tem o mesmo ideal, nos permitindo  viver cada dia mais uma vida plena e próspera.

Guerra ao açúcar
Guerra ao açúcar
Vamos começar com um pouco de história, para podermos entender o motivo do açúcar estar tão presente no nosso dia-a-dia. E entender um pouco do por que desta guerra. Sua produção iniciou-se no seculo 16, sendo o Brasil, por muito tempo o maior exportador do mundo do produto. A confeitaria portuguesa, dada nossa característica de … Continue lendo "Guerra ao açúcar"
A crise dos sete anos de idade!
A crise dos sete anos de idade!
É uma grande verdade que a crise dos sete anos de idade existe e todos estão sujeitos a enfrentá-la, o que muda é como cada criança lida com a crise e principalmente a pós crise. A primeira crise se dá quando ainda somos crianças, exatamente aos 7 anos. Uma série de transformações acontecem e uma … Continue lendo "A crise dos sete anos de idade!"
O amor rompido cria monstros
O amor rompido cria monstros
Os olhares fugazes admiram a beleza nova que passa a encantar. Cada vez mais ousados vão deixando de ser fugazes até que enfim se cruzam. O medo de ser descoberto faz com que partam em disparada. O coração acelera, o estomago se contrai e revira; o sangue ferve nas extremidades, as bochechas coram e as … Continue lendo "O amor rompido cria monstros"
A beleza indomável da aquarela
A beleza indomável da aquarela
Pintar em aquarela é praticar o desapego ao controle e a perfeição desejada. Na aquarela a tinta é viva e impossível de se cercar, como a água na natureza, que flui livremente, permitindo apenas que à guiemos um pouco. As cores quase translúcidas e que se fundem com perfeição uma a outra, criam trabalhos vivos … Continue lendo "A beleza indomável da aquarela"