A dança como combustível para uma vida mais feliz

Muitas pessoas acreditam que para ser feliz é necessário estar ao lado de pessoas felizes. Estar ao lado de pessoas felizes, pode sim nos motivar, mas não pode ser o único combustível para a nossa felicidade plena.

Screen Shot 2017-04-06 at 11.25.58 PM

Dentre tantas maneiras de encontrar a felicidade, descobri há alguns anos, uma porta mágica para que possamos produzir o nosso combustível diário de felicidade. E esta porta mágica chama-se dança. A dança desperta inúmeros sentimentos e nos leva a vivenciar um mundo mágico, onde nos tornamos artistas potenciais da nossa liberdade, da nossa autenticidade e é claro da nossa felicidade.

Screen Shot 2017-04-06 at 11.25.35 PM

Conheço pessoas que curaram doenças através da dança, como a depressão, síndrome do pânico, ansiedade, tristeza e assim fizeram utilizando os benefícios milagrosos desta arte, que não tem idade.

Na dança você tem a oportunidade de encontrar pessoas que irão compartilhar momentos ímpares com você, que estarão dispostas a se entregar por algumas horas a um mundo encantador. Não importa a sua idade, nem o motivo que te levou a dançar, quando a música começar, você será levado a um mundo de muita luz, calor, paz, felicidade, emoções, onde poderá desfrutar do mais alto grau da sua felicidade plena.

Screen Shot 2017-04-06 at 11.26.44 PM

E é incrível, porque quando dançamos a nossa alma se move, o mais íntimo do nosso ser é despertado e várias sensações incríveis nos convidam a vivenciar um momento único em nossa vida.

A primeira vez que pisei em um palco tinha apenas 7 anos de idade, e foi umas das melhores sensações que já pude vivenciar na minha vida. Lembro-me de cada detalhe, como a voz do apresentador anunciando o meu espetáculo, a minha professora me desejando boa sorte, minhas colegas com olhinhos brilhando, e as cortinas se abrindo. Uau!! O auditório estava transbordando de gente, todos os olhares eram para mim, o meu coração batia muito acelerado, a minha barriga doía de emoção, aos poucos fui envolvida por uma força inspiradora e ao escutar a música que iria dançar, simplesmente, dancei! E foi incrível, porque enquanto dançava, o meu corpo voava sobre o palco, a minha felicidade era tanta, que passava toda a minha vibração positiva para todos que me assistiam e tudo fazia sentido, tudo era leve, puro, real. E por fim, depois que fui tomada por toda a emoção desta arte incrível, a música acabou, eu agradeci, e a cortina se fechou. A experiência de dançar foi fantástica e desde aquele dia nunca mais me permitir parar de viver cada oportunidade que a dança me oferece.

Dançar permite a você:

  • Fazer novos amigos
  • Curar problemas da alma
  • Controlar a ansiedade
  • Diminuir o estresse
  • Aumentar a autoestima
  • Se amar ainda mais
  • Queimar calorias
  • Melhorar a capacidade sanguínea
  • Melhorar a flexibilidade
  • Tonificar os músculos
  • Ter mais tesão no sexo
  • Se descobrir como mulher
  • Melhorar o equilíbrio emocional
  • Envelhecer com mais saúde e felicidade
  • Conhecer o seu corpo

Screen Shot 2017-04-06 at 11.27.14 PM

A dança é sim um dos combustíveis para que você atinja a felicidade plena em todos os aspectos da sua vida e somente você pode dosar o quanto deste combustível quer injetar na sua vida.

Siga-nos 🙂

Liberte as “mulheres” que existem dentro de você!

Ser mulher exige muito mais do que nascer com o sexo feminino, exige sobreviver ao mundo de preconceitos, machismos e oportunidades escassas. Nascemos e somos criadas com a idéia de que ser mulher é ser dona de casa, esposa, mãe, submissa, que não podemos ter a nossa liberdade e que a nossa vida está totalmente ligada a alguém que nos sustenta. É uma triste realidade, não que ser dona de casa, esposa, mãe seja ruim, mas a maneira como as pessoas colocam estas tarefas atribuídas a mulher, e somente a ela, é que torna todo o contexto um fardo.

Ser mulher é muito mais do que seguir o padrão que a sociedade deseja, é estar disposta a ser verdadeiramente o que te move. É poder ser dona de casa, esposa, mãe, profissional, dançarina, lutadora, avó, líder, cuidadora, amiga e o que mais você desejar.

Screen Shot 2017-04-07 at 9.01.18 AM

Lembro-me que ainda na minha adolescência, resolvi jogar basquete, e fui sim julgada, questionada, afinal basquete era um esporte masculino, e foi quando devolvi o questionamento para a sociedade: Por que uma mulher não pode jogar basquete? E logo no final do segundo grau, resolvi largar o sonho de ser Advogada para ser Analista de Sistemas, e mais uma vez fui julgada e questionada, e devolvi o questionamento: Porque só os homens podem trabalhar com informática? E desde então entendi que toda mulher pode fazer o que ela bem entender e continuar sendo mulher, porque a essência vem de dentro para fora e não o contrário. A sociedade pode te condenar sim e muitas vezes pelo simples fato de não conseguir ser forte e sensível o suficiente para fazer o que você faz com maestria, mas a decisão de continuar sendo as mulheres que te movem, é só sua.

Sabemos que toda ação gera uma reação e estar preparada para assumir todas as consequências de ser uma mulher versátil é fundamental para a sua liberdade. Consequências como, de ser assediada trabalhando em uma empresa de engenharia civil ou de não ser reconhecida como uma excelente árbitra em uma partida de futebol, apenas pelo fato de ser mulher. Resiliência, é essencial para que você continue a mover as mulheres que existem dentro de você, com muita dedicação e amor.

Sensibilidade, força, liberdade, determinação, independência, coragem são sim características de mulheres versáteis, que não se bastam sendo uma só, mas se realizam sendo várias mulheres. E sobre fazer atividades antes atribuídas apenas aos homens? Sinceramente, acho digno, da mesma maneira que acho digno um homem cuidar de uma casa e dos filhos, por exemplo.

A vida é sua e tornar-se uma mulher versátil só depende de você, na hora que você desejar. Liberte as mulheres que existem dentro de você e seja ainda mais feliz.

Siga-nos 🙂

Caminho a pé

Dia_16bEm 2013 fiz uma jornada de auto-descoberta pelo Caminho de Santiago de Compostela. Durante 30 dias caminhei os pouco mais de 800 km que cortam a Espanha, desde a França, até a cidade de Santiago de Compostela.

Com uma mochila pesando 8kg, 3 mudas de roupas, um livro, uma caneta e um pouco de papel vivi uma história de aprendizado, foco no presente e desapego. Essa história se transformará em livro com a sua ajuda. Postarei diariamente aqui uma pagina desta história. Uma página sem revisão, com erros (gramaticais, de continuidade, de concordância e outros), mas com um uma história de verdade.

Você pode ajudar na revisão postando nos comentários suas sugestões, observações e críticas. E após a revisão de todas as páginas abriremos um crowdfunding para lançar fisicamente e eletronicamente o livro.

Dia_23

Siga-nos 🙂

Minha mãe

Aprendi a cozinhar com a minha mãe. Como boa goiana, minha mãe sempre teve muitas panelas cheias a mesa e sempre com abundância em temperos, aromas e sabores. E em quantidade, claro. E tudo isso atraia muita gente a mesa.

Certa época cozinhei para minhas irmãs e meu pai. Foi na época que minha mãe resolveu trabalhar fora. Meu desempenho foi um desastre.

Algum tempo depois fui morar só, em outra cidade, ai tive que aprender a me virar com melhor desempenho. Rapidamente fiquei especialista em miojo. Tudo feito com meu próprio tempero e incremento. Hoje já avancei um pouco mais e já faço a minha massa para Lamem. E a exatos 10 anos, 3 meses, 5 dias e 12 horas não como miojo. Um dia de cada vez.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Fogão a lenha

imagens: pixabay e freeimages

Siga-nos 🙂

Curadoria de arte, cor, amor e sabor a vida

Algo no mundo me encanta e esse algo esta por todo lugar. Nas cores do fim de tarde; nos sons das rodas em atrito com a terra batida; no desenho eterno que se move na pele de alguém; no corpo que fala e encanta em movimento; no aroma que sai das panelas; no frio que gela hora a taça, hora a mão; no toque que faz arrepiar. Esse algo para mim é arte. Com este olhar preparamos uma curadoria de arte que tem propósito de nos encantar, sempre.

fim do dia

Nossa curadoria mostrará a vocês “pessoas” que para nós fazem arte. Semanalmente apresentaremos nesta sessão, algo ou alguém que faz o mundo ter mais cor, mais vida e mais amor.

“Pessoas” pinçadas das mais diversas áreas do comportamento serão exibidas aqui. Pintores, escritores, atores, diretores, roteiristas, bailarinos, animais, coisas enfim. Tudo que toca a alma humana.

 

Siga-nos 🙂