Por que os nossos filhos precisam crescer?

Só quem é mãe sabe que quando recebemos a graça de termos um filho, queremos eternizar àquele momento e sempre nos perguntamos: Por que os nossos filhos precisam crescer? Por mais que saibamos que um dia também fomos bebês e que na verdade os nossos filhos são um empréstimo do universo, é difícil admitirmos que eles crescerão e sairão de baixo da nossa saia.

E é assim, quando o nosso filho nos dá bom dia, ele já cresceu e ficamos nos perguntando que horas que isto aconteceu, será que existe uma fada da noite que coloca um pó mágico e eles crescem? Hihi, uma loucura esta evolução humana, mas a verdade é que somos como uma plantinha, nascemos, crescemos e um dia partiremos, por isto aproveitar cada minuto ao lado deles é muito precioso, porque quando menos esperarmos, eles partirão para cuidarem das suas vidas e nós permaneceremos para sempre apoiá-los.

Falar que não bate saudade de ter um bebê em casa, seria mentir, mas que também é incrível acompanhar cada fase dos nossos filhos, isto não tem preço. E eles precisam crescer para que nós e o universo possamos aprender com eles.

A vida é um lindo ciclo de amor e doação!

Aí chega o dia em que o nosso bebê se transforma em um rapaz ou em uma moça, cheio de personalidade, vontades, atitudes que antes não eram expostas e ficamos perplexas ou seria encantadas? Ainda não sei qual é o sentimento certo, mas é diferente, um dia estar ensinando e no outro aprendendo. E olhar para trás me faz pensar ainda mais que um dia eu também fui uma criança, que ficava sob os olhares dos meus pais e que hoje cresci, me tornei mulher, independente. Que também me tornei mãe e tenho uma filha para eu cuidar, até que ela se desenvolva e tenha a sua própria vida.

 

Os nossos filhos crescem para que nós possamos crescer também, isto faz parte da evolução humana. Que saibamos lidar com todas as fases e compreender que tudo faz parte de um objetivo só – a fomentação da vida!

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

Mulher-princesa, esse é o caminho?

E um belo dia uma linda menininha nasce, os pais a enxergam como a princesinha mais perfeita do mundo e já fazem planos para toda a sua existência, sem ao menos saber, se esta linda menininha vai se tornar uma princesa que todos sonham, mas a pergunta é: será que toda mulher deve ser uma mulher-princesa, esse é o caminho?

A sociedade acaba sendo a culpada por tantos padrões a serem seguidos, as meninas devem sempre se vestir como lindas princesas, com vestidos rendados, sapatinhos de salto, muito brilho, maquiagem no rosto e cabelo sempre com perfeitos penteados, mas estes padrões não necessariamente tornam à menininha uma princesinha, muitas das vezes até bloqueiam a verdadeira essência da mulher, que não precisa seguir padrões impostos pela sociedade para serem o que são.

Mulheres não deixam de ser femininas por não gostarem de usar saias, maquiagens, anéis ou por terem como esporte preferido o futebol ao invés do Balé. Conheço muitas mulheres que não são “princesinhas”, mas que não deixam de ser lindas, fortes, poderosas, admiradas, desejadas, mas que optaram por um estilo diferente do imposto pela sociedade. Normalmente estas mulheres são julgadas pela sociedade que, de uma maneira ou de outra, “obriga” que todas as pessoas do sexo feminino estejam escondidas em uma máscara, por exemplo:

– Na maioria das cerimônias de casamento as mulheres precisam estar de vestido longo e salto alto;

– Nas boates de Las Vegas, mulheres não entram se não estiverem com saias ou vestidos e salto alto;

Enfim, sou uma mulher que gosta de usar calça, bota e quase zero de maquiagem, trabalho com tecnologia, pratico luta, mas não me considero menos mulher por isto, pelo contrário, tenho a possibilidade de vivenciar experiências que talvez mulheres-princesas nunca terão, e quando quero colocar um lindo vestido e uma maquiagem fantástica, continuo me sentindo eu mesma, sem precisar construir uma imagem que não existe.

Seja você uma mulher-princesa ou uma mulher não princesa, o importante é que seja você mesma, sem receio dos rótulos que poderá receber. A única responsável pela sua felicidade é você!

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

Por que cozinhamos com fogo na era do microondas?

Distante de casa, porém em casa amiga e em família, logo sou recebido com calorosos abraços e bebida gelada. A música é o bate-papo entrosado animam o trabalho da noite, a hora já é adiantada e segue depois de um dia inteiro de trabalho.

Cuidadosamente e com mais ou menos destreza, a depender do voluntário, as partes em excesso ou, julgadas impróprios, vão sendo desbastadas e descartadas. A decisão de um voluntário em descartar gordura em excesso chega a criar certa harmoniosa discussão, na qual o colesterol venceu e a gordura saborosa é que é combustível para o fogo vinga na peça imponente de carne.

A noite se adianta e rompe o dia da chegada. As peças enfim limpas e devidamente embaladas estão em condições de descansarem até o raiar do sol. Hora essa que já não está mais tão distante.

Após algumas horas de sono e descanso é chegada a hora de transformar lenha em brasa através do fogo. Na vala já cavada, a lenha cortada é organizada e em seguida incendiada. A chaleira com água fumegante não demora a dar sinal de vapor. É a deixa para que a cuia acomode a erva e a bomba e cada um na roda compartilhe o sabor caloroso do chimarrão.

As estacas são fincadas e a carne acomodada com cuidado próxima as brasas. Próxima o suficiente para receber calor brando, constante e gentil. O calor brando aquece o sal e o óleo e lentamente sela os poros da carne, guardando em seu interior toda sua suculência.

Lentamente e por horas o fogo brando, alimentado e monitorado constantemente, assa e defuma a carne no próprio suco e internaliza o sabor. A brandura do tempo e do calor traz maciez com a quebra das fibras. A defumação constante impregna a parte externa da carne com sabor único.

A manhã já foi consumida, assim como boa parte da lenha, o restante da família começa a chegar e se reunir em torno da brasa. Admirados pela beleza da cena, bocas águam em desejo.

É chegado o momento da refeição. Crianças cessam as brincadeiras, as conversas são amenizadas e todos se juntam em torno da mesa de corte. A faca reluzente rompe a crosta crocante e derrama suco ao penetrar a carne que se desfia a um toque. As quase 18 horas de trabalho se justificam ali.

 

 

Siga-nos 🙂

Gentileza gera mais do que gentileza

Em um mundo onde a violência está tomando conta, pensar que ainda podemos fazer a diferença e deixar tudo mais colorido, nos permite sonhar alto e ter esperança de uma vida mais plena e feliz. E sermos gentis é um grande passo para que plantemos a semente no coração do próximo e lembremos que gentileza gera mais do que gentileza, promove amor, paciência e respeito.

Ser gentil é ter um coração de criança, é ser educado, dar a vez, ter empatia, ser cuidadoso, amar ao próximo como a ti mesmo.

Não devemos ser gentis esperando algo em troca, devemos fazer de coração e tornar um hábito nas nossas vidas, mas a lei da reciprocidade é uma grande verdade, quando fazemos o bem, recebemos o bem, quando somos gentis, recebemos muito mais como retribuição do universo, recebemos um conjunto de ações que invadem a nossa alma de felicidade, nos permite estar com pessoas do bem, nos faz ser mais humanos e menos egoístas.

Uma certa vez vi um adesivo em um carro que dizia “Gentileza gera Gentileza”, achei bem legal e pensei: “que massa, esta pessoa deve realmente querer ver um mundo melhor” e logo em seguida ao meu pensamento, esta mesma pessoa, deu uma fechada em outro carro e gritou vários xingamentos, ai pensei: “o que adianta ter um adesivo tão legal e não praticar?”, enfim, a lição que levei naquele dia é que de nada adianta conceitos sem prática.

Conceitos não concretizados são como flores sem vida!

Que possamos dia a dia procurar colocar em prática a gentileza com todos, sem distinção de raça, cor ou religião, pensando em oferecer gentileza sem nada em troca, porque quando fazendo o bem, tudo se torna mais colorido e pleno. Respeito ao próximo é o mínimo que devemos ter uns pelos outros, então que possamos pensar em agir com mais calma, carinho, cuidado e tudo será mais tranquilo de lidar.

Gentileza gera MAIS do que gentileza. Pratique você também!

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

O que uma xícara de chá é um elefante têm em comum?

Que criança nunca se viu encantada por criaturas projetadas na parede? Criaturas alimentadas pela chama de uma vela ou uma lâmpada.

O cineasta e artista belga, Vincent Bal, certo dia presenciou na projeção da sombra de sua xícara de chá a figura de um elefante. Isso lhe deu a ideia para a Shadowology, uma série de figuras a partir da sombra de objetos comuns do dia a dia: garrafas, cubos de gelo e até uma flor, podem se transformar em uma igreja, uma mulher ou um hippie.

O cineasta viu na brincadeira de infância uma forma de nos encantar e nos convidar ter um olhar mais atento e lúdico ao que nos cerca.

 

 

Siga-nos 🙂

NÃO trate o outro como você gostaria de ser tratado.

A tradicional frase, trate-o como você gostaria de ser tratado, foi cunhada em nossa essência desde a infância. E tendemos a praticá-la e a reproduzi-la aos próximos a nós. Mas está é realmente uma boa pratica?

Imaginemos uma pessoa muito pratica e objetiva. Que gosta de ação e resultados nos mais amplos aspectos de sua vida. Que profissionalmente entrega muito resultado. Em família resolve os problemas que surgem de maneira dinâmica e ágil. Os amigos o vêm assim também e ele é sempre chamado quando se precisa de alguém que execute sem rodeios.

Esse nosso amigo imaginário, pratico e objetivo. Se encontra em se local de trabalho, um comércio varejistas. A certa hora do dia entra um cliente, o qual ele deve atender.

Nosso cliente imaginário é um pouco diferente do nosso primeiro personagem. Praticidade não costuma ser uma característica que seria apontada a ele, pelo contrário. Indeciso e extremamente detalhista ele é prolixo e adora saber dos detalhes mais inúteis de cada coisa. Responder algo com palavras simples e objetivas como “sim” ou “não” é um ato impossível.

E como a vida é uma caixinha de surpresas e continuando a exercitar nossa imaginação, vislumbre como seria esse encontro/atendimento. Nosso primeiro personagem pratico e objetivo querendo logo fechar a venda para atender o próximo cliente e o nosso cliente em duvida entre azul petróleo ou o preto, pois ele leu há um tempo que as cores podem influenciar no humor dos que o cercam ao longo do dia. E com toda sua paciência e prolixidade ele explica o estudo ao vendedor.

Observando a distância não é difícil perceber que os dois têm praticado com afinco a condição de tratar o outro como gostariam de serem tratados. E é mais fácil ainda perceber que ambos sairão insatisfeitos deste encontro.

Talvez seja o momento de rever esta atitude, caso você a tenha. Veja um dos nossos posts sobre empatia, essa palavrinha pode mudar sua forma de agir no mundo.

“…A empatia talvez possa ser praticada pelos animais, mas é sabido que é praticada pelo ser humano. E esta é como a construção muscular deve ser exercitada periodicamente.

A empatia é a capacidade humana de se transportar para uma situação alheia a sua realidade e viver aquela experiência com o olhar de quem realmente a vive…”

 

fonte:  Rob Hammer

Siga-nos 🙂

Dança na melhor idade – uma experiência incrível!

Dançar já é um prazer imensurável, que apenas que tem a oportunidade de experimentar esta arte pode sentir. E dançar é para todas as idades! Vamos falar um pouco aqui sobre a dança na melhor idade e seus benefícios.

A dança na melhor idade já se tornou comum em várias cidades do Brasil, a iniciativa vem de diversas frentes que buscam ajudar a melhorar a saúde e estilo de vida de quem já viveu uma vida inteira e ainda tem sede em viver. Ter um lugar onde pessoas da melhor idade possam se encontrar para dançar é um presente para muitos que buscam se sentir melhor e querem construir novas amizades e até uma companhia para todos os dias.

A dança é um exercício que envolve o corpo e a alma!

O cérebro do idoso em conjunto com a dança permite um aumento sanguíneo em áreas esquecidas, permitindo que a concentração aumente, além dos estímulos aumentarem as conexões neurais, proporcionando maiores habilidades no aprendizado, raciocínio e na memória, reduzindo o estresse e a ansiedade.

“Além de exercitar o corpo, a agilidade, coordenação motora e equilíbrio, ela também exercita a mente, a atenção, a concentração e a memória. Diminui o estresse e a ansiedade, além de melhorar a auto-estima, porque a dança ajuda na percepção positiva do corpo”

E sem contar que quem dança é muito mais feliz. Ela aproxima almas e dá a oportunidade de uma vida muito mais plena. Exercitar o corpo, sentir prazer, conhecer pessoas, aumentar a auto estima, se realizar, se amar, se cuidar, dar boas risadas e dar um sentido maior a uma vida. Muitos idosos depois que iniciaram a prática da dança se redescobriram e isto não tem preço.

Fonte imagens: https://pixabay.com, https://dancacatarina.com

Siga-nos 🙂

O que você faria se apenas lhe restasse um dia?

Apenas damos valor à vida quando percebemos que esta não é eterna, e que tudo um dia acaba, mas e se o dia acabasse amanhã…o que você faria se apenas lhe restasse um dia?

Abaixo a letra da música do ilustre Paulinho Moska, que com muita poesia e melodia, expressa vários questionamentos sobre o que o seu amor faria se apenas lhe restasse um dia. Então, com esta maravilhosa poesia, vamos refletir sobre o que cada um de nós faria se apenas nos restasse um dia!

O Último Dia (Paulinho Moska)

Meu amor

O que você faria se só te restasse um dia?

Se o mundo fosse acabar

Me diz o que você faria

 

Ia manter sua agenda

De almoço, hora, apatia

Ou esperar os seus amigos

Na sua sala vazia

 

Meu amor

O que você faria se só te restasse um dia?

Se o mundo fosse acabar

Me diz o que você faria

 

Corria prum shopping center

Ou para uma academia

Pra se esquecer que não dá tempo

Pro tempo que já se perdia

 

Meu amor

O que você faria se só te restasse esse dia

Se o mundo fosse acabar

Me diz, o que você faria

 

Andava pelado na chuva

Corria no meio da rua

Entrava de roupa no mar

Trepava sem camisinha

 

Meu amor

O que você faria?

O que você faria?

 

Abria a porta do hospício

Trancava a da delegacia

Dinamitava o meu carro

Parava o tráfego e ria

 

Meu amor

O que você faria se só te restasse esse dia?

Se o mundo fosse acabar

Me diz o que você faria

 

Meu amor

O que você faria se só te restasse esse dia?

Se o mundo fosse acabar

Me diz o que você faria

Me diz o que você faria

Me diz o que você faria…

Fonte letra: Paulinho Moska

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

A criatividade e a arte não estão só sob duas pernas

A criatividade e a arte esta presente em todos nós, e quando digo todos, incluo realmente a todos. Vejam o caso de Juniperfoxx. Uma simpática e divertida raposa, que parece estar sempre sorrindo.

A curiosidade em torno do universo de uma raposa domestica transformou Juniperfoxx em uma grande estrela. Com milhões de seguidores no instagram a raposinha desbanca muitas celebridades atuais. Sua arte e itens alusivos a ela são comercializados no site juniperfoxx.com

Curiosidades da raposinha fofa:

🌿As raposas têm um odor muito forte. Sua urina e fezes cheiram a amônia.

🌿Foxes não podem ser mantidos em seu quintal. Ou em sua casa. Eles precisam de seu próprio espaço para poder fazer coisas de raposa. Eles são escavadores ávidos e provavelmente destruirão seu piso em algum ponto ou outro.

🌿Foxes precisa de uma dieta especial e deve ser alimentado com carne crua e conteúdo ósseo. Eles também precisam de taurina, ou podem ficar cegos, sofrerem convulsões e até morrer. Simplesmente dar-lhes comida para cães ou gatos não vai fazer.

🌿Foxes fazem xixi em coisas que eles pensam serem deles. Este é um comportamento de marcação e quase impossível mudar-lo.

🌿Foxes são facilmente estressados ​​por novas situações e pessoas.

🌿Foxes nem sempre se dão bem com os cães, e de fato, os cães provavelmente odiariam. As raposas têm uma linguagem corporal muito diferente do que os cães e isso causa confusão e ansiedade para a maioria dos cães.

🌿Foxes naturalmente protegem seus recursos, isso significa que eles são propensos a morder quando você está perto de algo que eles acham valioso e não quer que você tome.

 

The happiest people I know are animals @boyfriendmoose #thehappiestfox

A post shared by J U N I P E R (@juniperfoxx) on

🎨 Hello lovelies, We haven't done an art update in a while and we're starting to get tons of requests everyday for one. So, just to keep up with the demand I've updated our shop! 🖌 If you're looking for one of these lovely abstract Pablo Pifoxo's you can visit the link in our bio! (If you're interested in ordering I would do it quickly as they usually sell out within the first few hours) 🖌 Please be mindful of shipping times as we never force Juniper to paint. 🖌 If you've previously placed an order you will receive an email from etsy once it has been shipped. Thank you all for your patience! We're trying to make sure everyone that wants one of this little artist's pieces receives one! 📬👀 #pablopifoxso

A post shared by J U N I P E R (@juniperfoxx) on

Cuddle sesh?

A post shared by J U N I P E R (@juniperfoxx) on

✨Portrait Update!✨. We've had a blast making paintings for all of you that ordered from the last batch! I'm still in awe by how many of you reached out to us wanting one! I was actually a little overwhelmed with the amount of direct messages I received from those of you requesting paintings and I'm so sorry if I wasn't able to respond to some of you. I told most of you to keep an eye out for our next batch and if you're still interesting in getting a painting from Juniper here's your chance! We've decided to only sell 15 at a time and to make things a little less hectic for our inbox I'm going to post a photo later today where it will give those of you interested the opportunity to comment below. I'll message the first 15 people who comment on that post instructions on how to order and we'll go from there. It may be helpful to turn on your notifications for our page so that you don't miss it! I will also be able to ship internationally for this batch! For those of you who ordered from our first post, we've been shipping out orders since Friday. If you haven't received your confirmation email yet, you will over the next couple of days! Thank you all so much💕 #aspiringartist

A post shared by J U N I P E R (@juniperfoxx) on

✨Aspiring Artist✨ Today we painted using organic nontoxic acrylics and watercolors! One of these will be sent out to our contest winner @aspenlaine7, the others will be for sale for 5.00 USD each + shipping. All of our proceeds from these paintings are going to be donated to our local shelter since its the time of year they're most in need💕 • 👉🏻Edit: I can't accepted any more orders tonight. I'll be posting another batch next week for those of you who still want one! 👈🏻 If you're interested in donating and getting a cute picture (some have a little bit of toe fur in the paint) then send me a DM stating which color you would like. We currently have 15 Paintings. Colors include: Purple, Pink, Blue, Yellow, & Green. Depending on how many of you are interested we may have more up for sale within the next few weeks. Add us on snapchat (username:Juniperfoxx) for videos of this little artist at work! #designmajor #thehappiestfox

A post shared by J U N I P E R (@juniperfoxx) on

fonte:juniperfoxx

 

Siga-nos 🙂

Só mais 5 minutinhos

Qual mãe nunca desejou, com todo o seu coração, só mais 5 minutinhos de um sono? Bem eu posso falar por mim, e ter alguns minutinhos de sono é algo que desejo muito na minha vida, mas que quase nunca é possível. Quando nos tornamos mãe ganhamos o melhor presente de nossas vidas, mas também nos é descontado alguns minutinhos de um sono, que nunca mais voltarão a ser o mesmo.

Mas podemos nos confortar, afinal de contas os filhos crescem e logo poderemos ter estes tão sonhados minutinhos preciosos de sono de volta, mas para isto precisamos ser criativas e tudo dará certo. Vou tentar responder algumas perguntas que já me fizeram e ver se consigo ajudar, vamos lá:

– Como conseguir mais 5 minutinhos de sono se minha filha/filho me acorda cedo até nos finais de semana?

Resposta: Então, uma estratégia para que você consiga mais alguns minutos de sono ou preguiça na cama, é propor que sua filha/filho assista um desenho na cama com você, é claro que para isto é preciso ter uma televisão no seu quarto. Já utilizei esta estratégia com a minha filha e funcionou super bem, ela ficou feliz e eu com mais um tempinho de sono para mim.

– Se eu planejei acordar as 07:00h para fazer o café da manhã da minha filha, e sem esperar ela acorda as 06:00h, o que fazer para conseguir que ela volte a dormir?

Resposta: Então, esta pergunta é mais complicada de responder, mas também já aconteceu comigo, e pela experiência que tive com a minha filha, quando o horário de costume dela adiantou 1 hora, fiz o seguinte: a levei no banheiro e depois preparei um leitinho bem gostoso, após ela tomar o leite, coloquei ela novamente para deitar na cama, e fazendo uma carinho que só quem é mãe sabe fazer, o soninho voltou, ai aproveitei para dormir mais um pouquinho também.

Enfim, vida de mãe não é fácil e para conseguirmos dormir mais um pouquinho, precisamos sim ser criativas e lidar com diversos experimentos, porque uma hora funciona, e assim conseguimos mais qualidade no nosso sono, que sabemos que é essencial para que possamos ter toda a energia do mundo para lidar com os afazeres do dia e da noite.

Ler um livro para o seu filho/filha também é uma maneira de trazer o soninho para perto, além de ser uma atividade super saudável. Mas se depois de todas as tentativas de mais 5 minutinhos de sono, nada funcionar, você pode se perguntar, o que fazer? Ai é relaxar, se levantar, lavar o rosto e ir brincar com o seu filho/filha, e ter certeza que todos estes minutos de sono retirados de você, serão retribuídos dia a dia, ao ver o seu filho/filha crescer e se tornar tudo o que você sempre sonhou.

Uma mãe pode não ter mais 5 minutinhos de sono, mas tem o maior presente de todos, e todo sacrifício valerá cada minutinho não dormido.

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂