É errando que podemos acertar!

Demoramos para constatar uma das coisas mais óbvias da nossa existência, que é errando que podemos acertar, mas porque precisamos de tantas horas de vida para descobrirmos esta verdade?

A explicação para esta pergunta não é tão difícil de responder. A nossa vida é composta por ciclos, que a medida que vão se encerrando, nos mostram a nossa capacidade de assimilação, interpretação e maturação das etapas que nos foram apresentadas, após termos cumprido um ciclo completo, somos testados para que somente assim possamos ir para a próxima “fase do jogo”, que é o próximo ciclo da nossa existência. Mas os ciclos precisam acontecer respeitando a nossa maturidade, para que os nossos erros sirvam de lições e não de desencorajamentos.

Quando ainda crianças, somos postos a prova o tempo todo, por coisas e situações que nos encantam. Por exemplo, uma criança é tentada a pegar tudo o que vê, porque somente pegando que ela irá sentir o objeto, e por mais que alguém diga para ela não pegar, ela pega, e na maioria das vezes se vê em uma situação de desconforto e somente passando por essa sensação, que ela aprende que não é tão legal assim pegar um tal objeto.

E assim vai ocorrendo durante toda a nossa vida, somos colocados a prova o tempo todo, e apenas cabe a nós aceitar ou não o risco de tentar fazer algo, mas quem está disposto a qualquer tentativa, precisa estar disposto a erros, pois todo grande acerto vem após alguns erros. O grande desafio está em aprender conscientemente com os erros, aprender que muitas das vezes os erros vem para nos mostrar outro caminho, para nos permitir sair da nossa zona de conforto, nos apresentar um mundo antes desconhecido, porém, permita-se errar.

Errar nos leva a ter sentimentos desconfortantes, pois nos mostra um lado de nós mesmos que não gostaríamos de ver. Nos permite ver que somos humanos e suscetíveis à erros. Muitas vezes, nos sentimos fracassados, derrotados, medíocres, inferiores, mas errar não significa nada disso, errar significa que estamos tentando acertar.

Só ganha quem um dia aprendeu a perder

Aceitar a derrota não é uma tarefa simples, mas necessária para a nossa evolução enquanto seres humanos. Que possamos vivenciar cada momento da nossa vida, aprendendo com os nossos erros, evoluindo com as novas situações que vão surgindo e erguendo a nossa cabeça sempre que o próximo desafio bater a nossa porta.

Fonte imagens: https://pixabay.com/pt/

Siga-nos 🙂

Karla Constantino

Mulher, mãe, bailarina, aventureira, amante por viagens, louca por novos desafios e apaixonada pela vida!

3 comentários em “É errando que podemos acertar!

  • 1 de abril de 2019 em 09:40
    Permalink

    Eu só posso bater palmas é isso ai,para crescermos precisamos errar e aceitar que erramos,e corrigir os nossos erros para seguirmos em frente é assim que crescemos e amadurecemos.

    Resposta
    • 1 de abril de 2019 em 18:20
      Permalink

      Estou sempre errando … na ansiedade de acertar o inacertável!!!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *