Ter mais tempo ou ter mais dinheiro?

Se hoje você pudesse fazer uma escolha entre ter mais tempo ou ter mais dinheiro, o que escolheria? Acredito que é uma pergunta muito difícil de se responder, porque tanto tempo quanto dinheiro são importantes para que possamos ter uma vida com qualidade e feliz, mas qual será o impacto de ter mais de um e menos de outro?

Se pararmos para pensar metodicamente, ter dinheiro é essencial para a nossa sobrevivência, como nos alimentar, ter um lugar para morar, mas com a experiência aprendemos que o dinheiro é o meio que temos para conseguirmos comprar os itens da nossa sobrevivência e também outros bens que desejamos, mas não é o mais importante. Já ter tempo é ter em nossas mãos à oportunidade de poder pensar, estruturar, criar e colocar em prática os nossos sonhos, que concretizados nos darão como consequência, todo dinheiro necessário.

Logo, se tivermos mais dinheiro do que tempo, sem dúvida alguma nos contentaremos em limitar a nossa qualidade de vida ao que o dinheiro pode nos propocionar provisioriamente, sem nos preocupar em produzir, em pensar, em realizar os sonhos à longo prazo. Caso tenhamos mais tempo que dinheiro, não limitaremos a nossa qualidade de vida ao dinheiro, e sim aproveitaremos todo o tempo que temos nos dedicando a produzir valor, a pensar em inovar, em criar algo onde poderemos evoluir e nos satisfazer.

Tempo usado com inteligência é o maior bem que podemos ter!

De nada adianta ter muito dinheiro se não tivermos uma mente que nos guie para produzir valor e continuar a produzir muito dinheiro. Também não adianta ter muito tempo se não temos uma mente que nos permita acreditar no que realmente nos motiva, e nos leve diariamente a construir valor, a colocar em prática todo o planejamento que tivemos.

O equilíbrio é o grande segredo, mas se tiver que fazer um escolha, escolha ter mais tempo, assim você terá a oportunidade de criar o seu dinheiro com o fruto do seu conhecimento estratégico, de maneira inteligente, construtiva, exponencial e sem risco de se tornar uma pessoa medíocre, que permita que o dinheiro te conduza a caminhos que sejam momentâneos.

Nunca aceite menos do que você merece e é capaz de criar. Busque motivos que te façam gostar de algo e o seu sucesso estará garantido!

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

Karla Constantino

Mulher, mãe, bailarina, aventureira, amante por viagens, louca por novos desafios e apaixonada pela vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *