O primeiro fio de cabelo branco!

E como uma mágica, você acorda, se olha no espelho e enxerga algo muito brilhante na sua cabeça, no começo não consegue identificar bem o que possa ser, mas de repente você o vê o primeiro fio de cabelo branco bem ali, grudado na sua cabeça. Ai meu Deus, o que fazer?

 

É desesperador, porque por mais que saibamos que a nossa hora de encontrar esse tão teimoso fio de cabelo branco irá chegar, quando nos deparamos com a realidade, é um choque. Não conseguimos acreditar que àquele fio está ali, todo branquinho, como se tivesse sido pintado a mão e a nossa primeira reação é arrancá-lo, e olhar bem para ele e dizer o quanto não o queremos ali. Depois do susto, parece que tudo vai voltar a ficar bem, até que você se olha no espelho e algo brilhante se destaca, e mesmo sem querer acreditar, sim, mais uma fio de cabelo branco está ali, se achando o dono da sua cabeça.

A verdade é dura, mas precisa ser aceita, sim tenho fios de cabelo brancos vivendo na minha cabeça, felizes e brilhosos. E se eu procurar mais, vou encontrar alguns outros fios, como se eles dessem cria, então, o que devo fazer? Vou confessar que a minha reação instintiva foi arrancar todos os fios brancos que fui encontrando, um a um, contei uns cinco, até que resolvi parar de arrancar e fazer àquela doce e sincera reflexão sobre o vida.

Parando para pensar friamente já vou fazer 34 anos, e é bem natural que esses temidos fios apareçam sim., então vamos viver esse momento também. Tê-los em nossa cabeça significa que já vivenciamos muito da vida, construimos uma história, tivemos muitos altos e baixos, construímos relações, ensinamos, aprendemos, brigamos, amamos, enfim, estamos preparadas para a próxima etapa, a da maturidade consolidada. Uma fase em que precisamos estar bem seguras e certas de quem somos, nos amar acima de tudo e principalmente nos aceitar. É uma fase de nos permitir viver dia a dia, todos os momentos e oportunidades, de não nos cobrarmos muito e ter como regra a felicidade. E com o tempo os fios brancos se tornarão apenas parte da nossa linda história de vida.

E é assim que pretendo viver daqui para frente, com alguns fios de cabelo branco brilhantes, mas a certeza de que sou a mulher mais realizada e feliz desse mundo.

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

Seja a sua melhor companhia e seja feliz!

Seja a sua melhor companhia e seja feliz! Ao longo da vida aprendemos que as nossas escolhas conduzem ao que será mais tarde a nossa própria história. E saber escolher as nossas companhias nesta trajetória é essencial para que possamos construir uma vida de paz e felicidade. De todas as companhias que a vida pode nos trazer, existe uma que nunca nos deixará e sempre irá querer a nossa felicidade, nós mesmos!

Durante a construção desta história somos expostas às diversas pessoas, que durante um período curto ou longo se tornam nossas companhias e que constroem um pedaço da nossa história. Companhias que nos serão apresentadas na escola, trabalho, bairro, grupo da igreja, escola de música, faculdade, enfim, pessoas que entrarão na nossa vida e contribuirão para a formação da nossa história perante à sociedade. Mas será que é possível escolher as pessoas que farão a diferença na nossa vida? Sim, o encontro é feito pelo universo, mas à escolha de compartilhar experiências é nossa.

De tantas companhias que passarão por nossa vida, aprender a ser a nossa melhor companhia é fundamental, porque estar rodeados de pessoas é importante, mas nem sempre será possível. Passamos por vários ciclos e um destes ciclos, temos o encontro de nós com nós mesmos, e neste momento precisamos estar bem azeitadas conosco e saber nos amar em primeiro lugar. É uma grande oportunidade de nos conhecer e fazer uma reflexão sobre como é incrível nos ter como uma companhia ímpar, especial e que ninguém poderá nos tirar.

Buscar a felicidade diária deve ser meta e ser feliz uma certeza!

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

Como lidar com as férias e o fim delas?

O final do ano é marcado por festas e pela tão esperada férias, mas como lidar com as férias e o fim delas? Essa é uma pergunta que acredito não ter uma resposta certa, mas sem dúvida existe maneiras divertidas, e até surpreendentes que permitem fazer com que o período de descanso seja incrível e cumpra o objetivo desejado.

Quando a tão esperada férias está se aproximando, uma sensação de liberdade e felicidade toma conta do nosso ser, é a certeza da compensação pelo dever cumprido, e isto permite planejarmos momentos incríveis e muitas vezes inesquecíveis, mas tudo que tem um início também precisa de um fim, e é aí que temos àquela sensação de impotência, tristeza, de querer continuar na vida que pedimos à Deus. Realizar o planejamento das férias, contribui muito para que o período de descanso seja vivido de maneira leve, tranquilo e feliz. Vamos a um exemplo:

Um casal está querendo sair de férias, o que sabemos até o momento é que:

  • eles terão 15 dias;
  • querem viajar para a praia;
  • ambos voltam a trabalhar em uma Segunda-Feira;
  • eles não possuem filhos;
  • adoram dormir;
  • irão de avião;
  • querem sair da rotina;

Com base nas informações acima, para que as férias sejam bem aproveitadas e para que o retorno não seja “traumático”, é importante que o casal planeje o início e principamente o fim das férias. Existem várias maneiras de planejar, e abaixo segue alguns pontos fundamentais:

  1. Como eles terão 15 dias de férias, é importante que agendem o início das férias e comprem a passagem de avião para o destino escolhido, em uma Sexta-Feira a noite, assim ganharão mais dois dias (Sábado e Domingo) para se deliciarem na praia.
  2. Já que o casal não possue filhos, podem optar pelos voos noturnos e até na madrugada, que normalmente são mais baratos. Toda economia é válida, né?
  3. Antes de viajarem, é importante decidirem a cidade que irão passar as férias, para que possam decidir o meio de transporte que irão utilizar, o hotel onde irão se hospedar, os passeios que irão realizar, a roupa que irão levar e assim por diante.
  4. Se à opção for alugar um carro, é muito válido dar uma pesquisada antes de chegar na cidade escolhida. Existem muitas empresas que oferecem esse serviço com ofertas bem distintas.
  5. Sobre os passeios, sugiro dar uma olhada na internet antes, ver as opções, preços, mas deixar para fechar no local, assim é possível negociar e não ficar “preso”, caso surja uma opção mais atrativa.
  6. Caso o casal volte a trabalhar em uma Segunda-Feira, uma sugestão é marcar o voo de volta para o Domingo de manhã, assim é bem tranquilo chegar, desfazer as malas, lavar as roupas, curtir uma preguiça, ver um filme, dormi bem e aí sim, estarão renovados e nem sentirão o fim das férias.
  7. Uma sugestão divertida para não sentir que as férias chegaram ao fim, é programar um encontro de amigos para um dia antes do retorno ao trabaho, assim, vai parecer apenas que você está em um happy hour semanal.

É claro que retornar dias antes das férias terminarem, proporciona um descanso melhor e readaptação da realidade, mas em contrapartida se perde alguns dias que poderiam ser aproveitados no destino escolhido, mas depende muito do ritmo da pessoa que está saindo de férias. Acredito que a motivação para não se entristecer com o fim das férias, é ter a certeza que voltar a trabalhar te dará como resultado mas dias de descanso, e a oportunidade de repetir a dose e em um lugar diferente.

Acredite tudo que é mais trabalhoso de se conquistar é mais gostoso de se aproveitar. O que para muitos é o fim, para outros é apenas o começo de uma conquista pelo trabalho realizado!

Desejamos um Feliz Ano Novo com muita paz, harmonia e felicidade!

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂

Tudo o que farei será por sua felicidade!

Em dias tão obscuros no mundo em que vivemos, cuidar dos nossos filhos é mais do que essencial, é uma questão de amor. Ser mãe, foi o maior presente que pude receber nesta minha passagem por esse universo, e enquanto existir vida tudo o que farei será por sua felicidade!

Mães são consideradas seres de outro planeta, afinal são loucas, neuróticas, super protetoras, são capazes das maiores loucuras para preservar os seus filhos. Fazem o impossível para ver os filhos felizes, brigam, choram, se desesperam, trabalham dia e noite, abdicam da própria vida em prol as suas crias.

Só quem é mãe pode mensurar o que é amar sem dimensões. Um sentimento inexplicável nos invade e independente de nada só aumenta, e nos permite querer o melhor e fazer de tudo para vê-los com sorriso no rosto e realizados em tudo que desejarem. Mas não é só isto, somos como leoas, vivemos para os nossos filhos e tudo o que fazemos é pensando neles. E se alguém se atreve a mexer com eles, nossa, é briga na certa, porque mãe perde até a razão para defender o que mais ama neste mundo.

Mexer com um filho é mexer diretamente com uma mãe!

E sabemos que apesar de todo esforço, muitos filhos são ingratos, não valorizam o que fazemos, não ligam para nada, nem sequer retribuem o amor, que é gratuito, mas mesmo assim, o amor que uma mãe sente por seu filho é tão inexplicável, que elas continuam a amar sem limites, mesmo que se sintam tristes e injustiçadas, o amor não acaba jamais.

Que possamos continuar a amar sem limites, a perdoar de coração, a construir seres que serão o futuro de tudo que existe! Que o nosso foco seja a felicidade, sempre.

Fonte imagens: https://pixabay.com

Siga-nos 🙂