Ser mãe e profissional, é possível?

Confesso que há exatamente 6 anos eu não fazia ideia do que era viver uma vida de mãe. O que eu conhecia, muito superficialmente, era a vida da minha mãe, que por sinal sempre foi uma mãe incrível, presente, amorosa, dedicada, amiga…mas era algo distante de mim. Mesmo sem ter o conhecimento do que seria ser mãe na essência, sempre desejei gerar dentro do meu ventre uma vida e algo me dizia que o meu dia iria chegar, que muitas mudanças iriam acontecer e que muitas felicidades eu iria ter.

Screen Shot 2017-04-17 at 6.12.09 PM

Dia 14 de Julho de 2010, nascia a minha filha Luísa, o ser que eu tanto desejei ter. Antes de ser mãe não havia sentindo um amor tão grande, tão único, tão verdadeiro. Tudo era perfeito, o mundo podia parar ali, que eu estaria realizada e muito feliz, mas depois que a emoção de ter a minha filha nos braços acalmou, me veio um instante de desespero e várias perguntas tomaram conta do meu ser: Como vou voltar a trabalhar, tendo uma filha para cuidar? Aonde deixarei ela para trabalhar? E se ela adoecer? E com a minha filha nos braços me vi perdida, me sentido sem saída, afinal, o que seria da minha vida profissional? Como eu iria ser mãe e continuar a trabalhar como antes? Seria realmente possível ser mãe e profissional?

Screen Shot 2017-04-17 at 6.17.02 PM

 

A verdade é que tudo se ajusta, mas para isto é preciso ter atitude, buscar opções, pensar que é possível sim ser mãe e continuar tendo uma vida profissional de sucesso. Mas estar ciente de que a missão é grande e que exige mudanças. A vida se torna uma montanha russa, o desapego se torna uma ferramenta que precisa ser utilizada diariamente, a visita a creches se tornam frequentes, comidas práticas, vários relógios, porque o tempo mais do que nunca vale muito dinheiro, câmera em casa, cadeira de bebê “mil e uma utilidades” (bebê conforto, cadeira para carro, cadeira para alimentação, para trocar fraldas), mudas de roupas para você e para o bebê no carro, “porque agora os imprevistos fazem parte da rotina”, lista da agenda do celular com prioridade de pediatra, mãe, melhor amiga, chefe…enfim. Ufa, sem dúvida alguma é uma nova vida que se inicia e que pode muito bem ser administrada com êxito.

Screen Shot 2017-04-17 at 6.12.40 PM

Vai ter dias que você estará no seu trabalho, no meio de uma reunião super importante e o seu celular vai tocar, dizendo que o seu filho está com febre e você precisa buscá-lo. Vai ter dias que a babá não vai poder ficar com o seu filho e você vai ter que faltar trabalho. Vai ter dias que você vai olhar para o seu filho e pensar muito em arrumar um trabalho em possa levá-lo. Vai ter vários dias que o seu coração ficará apertado de deixá-lo para ir trabalhar. Mas acredite, nenhum destes motivos pode te levar a desistir de continuar sendo uma profissional de excelência e uma mãe incrível. A notícia boa é que todas estas fases passam, e os nossos filhos crescem e cada dia mais se tornam independentes, criam mais resistência e vão nos dando força para continuarmos. E quando os nossos filhos crescem um pouco mais e nos dizem: “obrigada mamãe por trabalhar tanto por mim”, não tem preço!

Screen Shot 2017-04-17 at 6.11.03 PM

As vezes, durante este processo, precisamos sair de um trabalho e buscar outro, sofremos preconceito nas entrevistas de trabalho, por sermos mães, mas o que é nosso está guardado, se buscarmos incansavelmente pelo o que nos motiva. E a colheita será farta e cheia de alegrias.

Não desistir no primeiro obstáculo vai te dar forças para não desistir nunca mais

Particularmente, eu me considero uma mãe-profissional excepcional, porque há 6 anos executo o papel da maternidade associada ao da profissional com muita dedicação e amor. Não é fácil, existem dificuldades, vontade de desistir da profissão, sensação de não ser a melhor mãe, mas focar no nosso filho, nos permite continuar sempre em busca dos nossos sonhos e nos motiva a oferecer a eles sempre o melhor. Uma certeza que sempre tive e que me mantém firme nesta vida de dois papéis importantíssimos, é que a minha filha vai crescer, se tornar uma mulher, uma profissional e ela terá muito orgulho da mãe dela, que com muito carinho não desistiu de lutar todos os dias para dar a ela uma vida sempre melhor, da maneira dela, do jeito dela.

Screen Shot 2017-04-17 at 6.10.40 PM

Você pode ser sim mãe e profissional, e tenha certeza que você estará fazendo para o seu filho sempre o seu melhor e ele terá muito orgulho de você!

Siga-nos 🙂